Pedido de Música
Daniel compila singles em disco que inclui inédita versão de sucesso de Jon Secada

Header Ads Widget

Daniel compila singles em disco que inclui inédita versão de sucesso de Jon Secada

 


♪ Cantor e compositor de origem cubana, Jon Secada fez sucesso no início da carreira com a música Angel, composição de autoria creditada a Secada e aos parceiros Miguel Morejon, George Noriega, Tim Mitchell e Lilian Garcia.

Lançada em 1992 no primeiro álbum de Secada e propagada em single editado em 1993, Angel reverbera – quase 30 anos depois do registro original do autor – na voz do cantor paulista Daniel.

Versão inédita da música, com letra em português escrita por César Lemos, é a única novidade entre as oito faixas do disco Daniel em casa.

Programada para ser lançada em 26 de março, a coletânea Daniel em casa compila sete singles editados de forma avulsa pelo cantor desde 2019. Chamariz do disco, o registro de Angel foi produzido e arranjado pelo mesmo César Lemos que escreveu os versos em português e que também toca baixo e guitarra na gravação feita no paulistano Studio Vip.

Detalhe: embora a compilação se chame Daniel em casa, o cantor é visto na capa do disco em foto tirada por João Miguel Jr. em hotel da cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Capa do disco 'Daniel em casa' — Foto: João Miguel Jr.

♪ Eis, na disposição do disco, as oito músicas reunidas na coletânea Daniel em casa :

1. Amei uma vez só (Tivas e Edy Uchôa, 2019 – música lançada por Daniel em 2021)

2. Casava de novo (Santanna, 2017 – música lançada por Daniel em 2019)

3. Além da vida (Santanna, 2019)

4. Você não vai me encontrar (Luis Fonsi e Claudia Brant em versão em português de Ronaldo Bastos e Leonel Pereda, 2020)

5. Tudo na vida passa (Luis Fonsi, Claudia Brant e Andrés Torres em versão em português de Mauro Santa Cecília, 2020)

6. Eu não te amo (Cesar Augusto, Cecilio Nena e Abel Monteiro Martins, 2020)

7. Te trago à tona (Dudu Borges, Euler Coelho e Luan Santana, 2020)

8. Angel (Jon Secada, Miguel Morejon, George Noriega, Tim Mitchell e Lilian Garcia em versão em português de César Lemos, 2021)




Postar um comentário

0 Comentários