Matérias

[matéria][bigposts]

Entrevistas

[entrevista][bigposts]

Blog Moda Sertanejo

[blogdarádio][twocolumns]

Daniel compila singles em disco que inclui inédita versão de sucesso de Jon Secada

 


♪ Cantor e compositor de origem cubana, Jon Secada fez sucesso no início da carreira com a música Angel, composição de autoria creditada a Secada e aos parceiros Miguel Morejon, George Noriega, Tim Mitchell e Lilian Garcia.

Lançada em 1992 no primeiro álbum de Secada e propagada em single editado em 1993, Angel reverbera – quase 30 anos depois do registro original do autor – na voz do cantor paulista Daniel.

Versão inédita da música, com letra em português escrita por César Lemos, é a única novidade entre as oito faixas do disco Daniel em casa.

Programada para ser lançada em 26 de março, a coletânea Daniel em casa compila sete singles editados de forma avulsa pelo cantor desde 2019. Chamariz do disco, o registro de Angel foi produzido e arranjado pelo mesmo César Lemos que escreveu os versos em português e que também toca baixo e guitarra na gravação feita no paulistano Studio Vip.

Detalhe: embora a compilação se chame Daniel em casa, o cantor é visto na capa do disco em foto tirada por João Miguel Jr. em hotel da cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Capa do disco 'Daniel em casa' — Foto: João Miguel Jr.

♪ Eis, na disposição do disco, as oito músicas reunidas na coletânea Daniel em casa :

1. Amei uma vez só (Tivas e Edy Uchôa, 2019 – música lançada por Daniel em 2021)

2. Casava de novo (Santanna, 2017 – música lançada por Daniel em 2019)

3. Além da vida (Santanna, 2019)

4. Você não vai me encontrar (Luis Fonsi e Claudia Brant em versão em português de Ronaldo Bastos e Leonel Pereda, 2020)

5. Tudo na vida passa (Luis Fonsi, Claudia Brant e Andrés Torres em versão em português de Mauro Santa Cecília, 2020)

6. Eu não te amo (Cesar Augusto, Cecilio Nena e Abel Monteiro Martins, 2020)

7. Te trago à tona (Dudu Borges, Euler Coelho e Luan Santana, 2020)

8. Angel (Jon Secada, Miguel Morejon, George Noriega, Tim Mitchell e Lilian Garcia em versão em português de César Lemos, 2021)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

[Resenhamusical][twocolumns]