Pedido de Música
Assista com exclusividade ao show do cantor sertanejo Daniel

Header Ads Widget

Pedir Música

Assista com exclusividade ao show do cantor sertanejo Daniel


Em 2001, Daniel fez uma das performances mais definitivas de sua carreira. O cantor finalmente superou a perda de João Paulo, morto num desastre automobilístico em 1997, e criou um show no qual mesclou pérolas do repertório sertanejo com o melhor da canção romântica. Sucessos como Estou Apaixonado, dos tempos com o ex-parceiro, se uniam a clássicos do repertório caipira, como Tocando em Frente (de Almir Sater e Renato Teixeira) e Meu Reino Encantado (de Lourenço & Lorival), além de uma guinada para a MPB, demonstrada nas versões de Porto Solidão (sucesso de Jessé) e Soy Loco por ti America (Caetano Veloso). Eram outros tempos e um outro mercado. O show foi gravado no Olympia, casa paulistana que representou o auge de todo artista popular. Tocar ali, num local que abrigava a alta MPB de Marisa Monte e astros de alto patente do showbiz gringo, era sinal de que o sujeito havia “chegado lá”. E vendia-se aos borbotões um artefato chamado CD. Ao Vivo bateu a marca de 500 000 unidades comercializadas, transformando Daniel num dos maiores nomes do sertanejo daquele período.
Ao Vivo está de volta ao mercado, mas adaptado para os novos tempos. O show será lançado amanhã no canal da Warner no YouTube. Mas VEJA apresenta o conteúdo desse DVD com exclusividade. Basta clicar o link abaixo e desfrutar de um Daniel e banda na ponta dos cascos – uma qualidade que ele mantém até nos dias de hoje – e um repertório de primeira linha. Porque ele sempre foi um intérprete diferenciado. Não era afeito aos agudos dos canários daquele período – Xororó, Zezé di Camargo etc -, muito menos era afeito ao estilo estoura peito de um Bruno (da dupla com Marrone), que acabou por influenciar 90% dos sertanejos universitários. É um artista de canto suave – o que sempre lhe permitiu tatear por outras esferas musicais. Com vocês, Daniel numa das melhores performances de sua carreira

Postar um comentário

0 Comentários