Pedido de Música
COMISSÃO REJEITA APELO DE COWBOY PARA DESCLASSIFICAR TIM MEANS

Header Ads Widget

Pedir Música

COMISSÃO REJEITA APELO DE COWBOY PARA DESCLASSIFICAR TIM MEANS


Três dias após Alex Cowboy e Tim Means resolverem sua "rixa" com uma luta no UFC Fortaleza, vencida por Cowboy, a Comissão Atlética de Nevada (NAC, na sigla em inglês) rejeitou formalmente o apelo feito pela equipe do lutador brasileiro para mudar o resultado do primeiro confronto entre os dois. O recurso, feito pelo empresário de Cowboy, Alex Davis, pedia que Means fosse desclassificado por aplicar uma joelhada ilegal - o próprio lutador americano admitiu que o golpe foi intencional e que apoiava o apelo - que impediu seu atleta de continuar no combate. Contudo, a NAC manteve a decisão de declarar a luta "No Contest" (sem resultado).
Segundo o site "MMA Junkie", que obteve uma cópia da carta enviada pelo diretor executivo da NAC, Bob Bennett, a Alex Davis, a comissão considerou que o árbitro Dan Miragliotta acertou em julgar a falta como acidental, "porque Means não entendeu as regras para 'adversário caído' e acreditava que suas joelhadas eram legais uma vez que Oliveira retirasse suas mãos da lona".

Postar um comentário

0 Comentários